• Telefone: 11 35094214 / 11 99011 0382
Lista de Desejos

Rede Amazônica utiliza equipamentos NEOiD nos seus novos estúdios

A Rede Amazônica, afiliada da Globo no Norte do país, com sede em Manaus, está construindo 4 mini estúdios com equipamentos da NEOiD. O objetivo da emissora é colocar em simultâneo, desde a capital amazonense, os telejornais das afiliadas. Para isso, Eduardo Lopez, diretor de Tecnologia da Rede Amazônica, solicitou à sua equipe o desenvolvimento de um plano para a criação em uma sala da emissora que estava desocupada de 4 mini estúdios de produção com um orçamento baixo, um máximo de R$ 50 mil.

Para isso, os técnicos e engenheiros da Rede Amazônica fizeram um levantamento que permitisse a construção de “estúdios que poderiam atender a produção dos jornais ao vivo dos clusters, e iniciar o projeto de aceleração de produtores de conteúdos digitais”, comentou Lopez.

Ele explicou que nos estúdios foram instaladas uma NEOiD Camera Micro NDI e uma NEOiD PTZ MeSegue; que para o corte se optou por uma máquina DVPROV com DVPRO painel de controle rodando vMIX 4K, uma solução de software de fácil operação e de múltiplas entradas.  “Todos os usuários estão configurados para vários cenários, desde a utilização de duas câmeras com uma televisão ao fundo até a utilização do croma key em todo o estúdio”, explicou Lopez. “Nos programas ao vivo, o switcher virtual é utilizado para o controle das câmeras e a exibição das matérias. Nos podcasts, podemos gravar os vídeos para enviar para o site da CBN e Youtube. Ainda podemos gravar ou fazer ao vivo para as mídias digitais (Facebook, Youtube, etc.)”.

As câmeras escolhidas pela equipe da Rede Amazônica são:

  • NEOiD PTZ MeSegue, equipamento que trabalha com inteligência artificial (IA) que controla automaticamente o movimento PTZ através do reconhecimento facial. Tem saídas 3G-SDI, IP e USB 2.0, e um zoom de 20X e sensor de alta sensibilidade.
  • NEOiD micro câmera NDI com lente fixa, sensor full HD de 1/3", saídas SDI e HDMI full HD, alta sensibilidade, entrada de microfone P2 e controle integrado, via joystick, para configuração. Essa câmera, do tipo POV, é NDI e PoE (Power over Ethernet), ainda inédita, será lançado ao mercado nos próximos meses.
  • DVPROV uma máquina integrada com entrada de áudio estéreo balanceado e 4 entradas SDI full HD baseada na placa de captura NEOiD SDI 4 M.2 e no software vMIx. Junto com ela temos o Painel de Controle DVPRO, um dispositivo tipo MIDI com 42 botões RGB, T-Bar e dois (2) Knobs para controle de áudio.

Ainda foi instalado um Teleprompter portátil para Tablet e retorno com TX e RX bluetooth com mini fones de ouvido. Os microfones são Comica WM100, e o aplicativo Trueconf Room é utilizado para ser o controle da conferência.

Os quatro mini estúdios, quando estiverem finalizados, serão utilizados por todos os departamentos da empresa na produção de telejornais ao vivo (Clusters); gravação de chamadas para a programação; podcast da CBN; programas do Amazon Sat. Ainda, atenderá o projeto de aceleração de produtores de conteúdo digitais (Youtubers), e qualquer outra demanda que aparecer, comentou o executivo da rede Amazônica.

Esta nova estrutura, explicou Lopez, permitirá que a emissora e as suas afiliadas tenham estúdios para o jornalismo nas suas mini geradoras e, desta forma, e avance com o projeto que pode servir aos cinco estados (Amazonas, Acre, Amapá, Rondônia e Roraima) onde a Rede tem abrangência.

 Rede Amazônica

Maior rede de televisão da Região Norte do Brasil com 13 emissoras afiliadas à Rede Globo em cinco estados (Amazonas, Acre, Amapá, Rondônia e Roraima), a Rede Amazônica foi fundada o 1º de setembro de 1972. A Rede ainda conta com um SAT HD Regional e dois sinais do Amazon Sat.